+ você está em /principal/Novidades / Produção mundial de aço registra crescimento
Novidades
Produção mundial de aço registra crescimento /Aço
Enquanto o Brasil registra queda na produção siderúrgica os resultados globais são positivos em função do crescimento registrado na China, maior fabricante de aço do planeta. Entre janeiro e julho a fabricação mundial de aço bruto cresceu 2% na comparação com o mesmo intervalo do ano passado.

Os dados são da World Steel Association (Worldsteel), entidade internacional que representa o setor siderúrgico. Nos primeiros sete meses de 2013 a produção global de aço bruto totalizou 921,641 milhões de toneladas, ante 903,843 milhões de toneladas em igual período do exercício passado.

Em julho, o volume produzido nos 64 países que reportam os números à entidade somou 132,3 milhões de toneladas. O resultado é 2,7% superior ao verificado no mesmo mês de 2012, quando atingiu 128,8 milhões de toneladas.

A China, apesar de ter sinalizado com um crescimento econômico aquém do esperado neste ano, continua a impulsionar os resultados globais do setor siderúrgica. O país asiático respondeu por 49,4% da produção global entre janeiro e julho, com 455,8 milhões de toneladas de aço bruto. O volume é 7% maior que o verificado nos sete primeiros meses de 2012 (425,584 milhões de toneladas).

Somando todos os países da Ásia, a produção de aço alcançou 618,2 milhões de toneladas no acumulado do ano até julho. O resultado é 5,3% superior ao verificado no mesmo período do exercício passado, quando atingiu 587,140 milhões de toneladas.

Já em outros mercados importantes, a produção siderúrgica continua em baixa. Na zona do euro, por exemplo, o resultado passou de 103 milhões de toneladas entre janeiro e julho de 2012 para 97,5 milhões de toneladas, o que representa queda de 10,1%.

Na América do Norte, as usinas produziram 68,6 milhões de toneladas nos primeiros sete meses de 2013. O resultado é 5,6% menor que o verificado no mesmo período do ano passado, quando totalizou 72,7 milhões de toneladas, conforme dados da Worldsteel.

Somente os Estados Unidos, maior produtor do continente, verificou redução de 5,3% na produção siderúrgica na mesma base de comparação. O resultado passou de 53,517 milhões de toneladas para 50,670 milhões de toneladas.

Os países sul-americanos produtores de aço registraram queda de 3% na fabricação de aço entre janeiro e julho. A produção atingiu 26,720 milhões de toneladas, contra 27,551 milhões de toneladas em 2012.

Brasil - A produção brasileira de aço bruto caiu 2,2% nos primeiros sete meses deste ano em relação ao mesmo intervalo do exercício passado. O volume produzido passou de 20,343 milhões de toneladas para 19,890 milhões de toneladas, conforme informações preliminares do Instituto Aço Brasil (IABr).

Na semana passada, a entidade divulgou novas projeções para 2013. As estimativas apontam para uma queda de 0,1% no volume produzido neste ano na comparação com exercício passado.

Fonte: www.acobrasil.org.br